Esqueleto torácico

É a parte óssea do tórax constituída pelos seguintes elementos:

Costelas: Em número de 12 pares, delimitam em grande parte a cavidade do tórax. Tęm forma de arco e dirigem-se obliquamente para frente e para baixo. Articulam-se posteriormente nas vértebras torácicas e anteriormente no esterno, por intermédio das cartilagens costais, exceto as duas últimas costelas que tęm extremidade anterior livre. As costelas săo classificadas em:

– costelas verdadeiras: săo as dez primeiras que se articulam com o esterno;
– costelas falsas ou flutuantes: săo as duas últimas que năo apresentam articulaçăo com o esterno.

As costelas participam dos movimentos respiratórios, aumentando os diâmetros ântero-posterior e transverso do tórax durante a inspiraçăo.

Esterno: osso aplanado, localizado na parte central e anterior do tórax. Nele estăo articuladas as dez primeiras costelas, por meio das cartilagens costais. Apresenta, na sua parte inferior, limitando com o abdome, uma cartilagem chamada processo xifóide.

Coluna vertebral torácica ou dorsal: formada por doze vértebras que correspondem a cada par de costelas.

Assim, cada segmento torácico (exceto as duas últimas costelas falsas), compőe-se de vértebra, duas costelas, as correspondentes cartilagens costais e parte do esterno.

Índice do Sistema Respiratório