All posts by Wagner

14ago/17

Como os espaçadores artesanais podem ajudar pacientes de baixa renda

Médicos e pesquisadores do Serviço de Pneumologia e Alergologia do Hospital das Clínicas da UFPE, em parceria com pesquisadores portugueses, desenvolveram um estudo sobre a administração de broncodilatadores.

O estudo tinha como objetivo analisar a eficiência de espaçadores artesanais, feitos pelos próprios pacientes com garrafa PET, em comparação com espaçadores encontrados no mercado.

Segundo a pesquisa, os espaçadores artesanais não demonstraram nenhuma diferença em relação aos seus similares comerciais, especialmente no tratamento da asma em crianças.

O resultado é comemorado pois pode projetar uma significativa melhora no uso desses medicamentos na população de baixa renda, tendo em vista que o produto é comercializado por até 50 reais. Continue reading

26jul/17

Adesão ao tratamento da asma e decisão compartilhada com o paciente

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), o termo adesão ao tratamento é quando o comportamento do paciente – tomar medicamento, seguir dietas, mudar o estilo de vida, adquirir hábitos saudáveis – condiz com as recomendações acordadas com o médico ou profissional de saúde.

A adesão ao tratamento é o principal pilar para o controle efetivo da asma. Infelizmente, a não adesão ao tratamento é comum, especial

O mais importante em relação à adesão ao tratamento é respeitar as situações sociais e culturais, e a faixa etária do paciente, a fim de optar pela abordagem mais adequada. Continue reading

23jun/17

Noites maldormidas podem ser um alerta de asma

Quanto mais os estudos sobre a asma avançam, mais se descobre que é uma doença multifatorial. Apesar de ter uma origem genética, ou seja, é uma doença crônica, a asma também se agrava por causa de maus hábitos e outras doenças associadas.

Muito já se sabe sobre a influência de obesidade, sedentarismo, refluxo gástrico, ansiedade e também problemas do sono sobre a piora da asma. E é sobre esse último fator que iremos falar.

Noites maldormidas não diminuem a qualidade de vida dos asmáticos apenas pelo cansaço, mas também porque podem intensificar as crises da asma. Continue reading